Cervicalgia, Cervicobraquialgia e Dor no ombro

A coluna cervical tem a tarefa de proteger a medula espinhal e apoiar a cabeça, permitindo uma boa amplitude de movimento. Sua capacidade de flexibilidade também torna a estrutura do pescoço vulnerável a danos, principalmente porque está constantemente sob pressão para manter a cabeça na posição vertical.

Alguns movimentos exercem uma pressão acentuada gradual ou repentina no pescoço e a tensão resultante pode causar desconforto. A lesão é chamada de cervicalgia quando ocorre apenas na região do pescoço e não em outras áreas, como nos braços ou na região lombar. A dor no pescoço é sentida na parte superior da coluna (coluna cervical), logo abaixo da cabeça, dor que afeta cerca de 30% da população.

Essa condição pode ser causada por quedas, acidentes de automóvel, má postura, problemas / degeneração a longo prazo, etc.

As origens comuns da dor no pescoço vêm dos músculos, ligamentos, vértebras (ossos), nervos e tecidos conjuntivos do pescoço/coluna cervical. Se os nervos da coluna cervical forem afetados, a dor poderá irradiar para a cabeça, ombros, braços ou parte superior das costas, denominando Cervicobraquialgia.

A Cervicalgia e/ou Cervicobraquialgia pode ter muitas causas diferentes. Alguns dos mais comuns incluem:

  • Má postura ou períodos prolongados com o pescoço em um ângulo estranho, como quando dorme ou trabalha em uma mesa.
  • Lesões que envolvem um movimento repentino do pescoço, como chicotadas de um acidente de carro ou um esporte de impacto.
  • Estresse a longo prazo que causa o aperto dos músculos do pescoço e dos ombros, levando a uma tensão no pescoço.
  • Condições ósseas, como artrite ou osteoporose. Como essas condições são mais comuns em idosos, a idade é um fator de risco para cervicalgia.
  • Doenças ou condições que afetam a coluna, como infecções na coluna vertebral ou meningite.

Outra causa dessas dores é a Cifose, uma condição que afeta a postura de uma maneira que sobrecarrega o pescoço. Consequentemente, os ombros podem ser empurrados para a frente e arredondados. Essa sobrecarga pode ocorrer em esportes que promovem essa postura, como ciclismo, em certos programas de musculação que desenvolvem mais os músculos do peito do que os músculos das costas e até mesmo em pessoas que já apresentam essa condição naturalmente.

Se você tiver mais dúvidas sobre dor no pescoço, recomendamos que entre em contato conosco do Instituto D Nobre, pois possui Fisioterapeutas especialistas em Cervicalgia. Agende já uma consulta com um de nossos profissionais.

Mobile version: Enabled
Open chat
1
Conheça agora nossa estrutura, confira as últimas novidades e saiba mais sobre suas dores e tratamentos para seu corpo, conte com nossa equipe!
Powered by