DOR LOMBAR​

A dor na lombar é definida por um quadro álgico e fadiga muscular situada na região inferior da coluna vertebral. Sua causa é multifatorial, apresentando-se por processos inflamatórios, alterações congênitas e mecânico-posturais. A lombalgia mecânica ou lombalgia inespecífica representa grande parte da dor referida pela população. Geralmente ocorre desequilíbrio entre a carga funcional, que é o esforço requerido para atividades do trabalho e da vida diária, e a capacidade, que é o potencial de execução para essas atividades.

A Dor na lombar afeta a qualidade de vida, como: problemas para dormir, dor enquanto caminha ou se move, rigidez, e até dor na virilha no lado afetado.

 

Em casos de tensão muscular, acarreta a compressão do nervo. Essa pressão interrompe a função nervosa adequada, causando dor, dormência, formigamento e fraqueza. Outras causas de nervos comprimidos incluem: artrite, compressão das raízes nervosas, movimentos repetitivos, esportes e obesidade.

A Fisioterapia abrange um número amplo de tratamentos, incluindo exercícios, terapias manuais, laser, aplicação de calor ou frio e estimulação elétrica. Os exercícios, após a fase aguda da dor, com a realização do fortalecimento da musculatura lombar, aparecem como modalidade fisioterápica mais importante, tendo como objetivo desenvolver e treinar a musculatura profunda. Em casos mais graves de nervos comprimidos ou danificados é indicado cirurgia. Conte conosco do Instituto D Nobre, possuímos uma equipe especializada e estamos prontos a ajudar, marque a sua avaliação.

Mobile version: Enabled
Open chat
1
Conheça agora nossa estrutura, confira as últimas novidades e saiba mais sobre suas dores e tratamentos para seu corpo, conte com nossa equipe!
Powered by